Postagens

A OUTRA FACE DA HISTÓRIA (Temer).

A ganância tem um peso Capaz de dilacerar Até coração valente, Mas também de transformar Aparente cavalheiro, Num presidente embusteiro Querendo se consagrar. Com esta receita simples, Porém bastante engenhosa, O TEMER pautou seu apoio Em maldade astuciosa. Depois desferiu o golpe E traição veio a galope Numa prática odiosa. Sendo este, Caim para Abel, Silvério de Inconfidente, Traíra de presidente, Um Vampiro de Bordel. Tramou maldade a granel Com o Cunha, seu avalista, Mas constará numa lista Despido de qualquer glória Pois entrará para a história Como governo golpista! PedrO MonteirO

RÁDIO BRASIL ATUAL

Imagem
RÁDIO BRASIL ATUAL Uma publicação da Editora IMEPH, com apresentação do poeta Rouxinol do Rinaré. Um coletivo de treze poetas e mais a ilustração de Kazane compõe esta obra, sobre quatorze pontos históricos da nossa São Paulo, terras de Piratininga.  Da antiga Piratininga, De épocas já bem distantes, Nasceu a nossa São Paulo, Cidade dos bandeirantes, De cultura heterogênea Formada por imigrantes. Estes versos de cordel Servirão como memória. Registrando os patrimônios, Sua exuberante glória viva em cada monumento, Como um pedaço da história. Mostraremos os lugares, A tradição que perdura, Suas atrações turísticas, Sua bela arquitetura, Os museus, prédios históricos E a sua vasta cultura.

A FLOR E A INDIFERENÇA

Imagem
Adicionar legenda Vejo uma flor que se abre Com sutileza fiel, No nicho da indiferença Gente passando a granel; Mas por diversos fatores, Neste desfile de atores Cada um tem seu papel.                                   PedrO M.

ENCANTOS DO AMOR

Imagem
Sou capaz de amanhecer Debruçado na janela, Se tiver preso na goela Um sussurro de prazer. Pois eu jamais quero ser Um sujeito entristecido, Num relato comovido Falo sem nenhum pudor: Pelos encantos do amor A vida tem mais sentido! PedrO MonteirO

UM SONHO RETORCIDO

Imagem
Sonhar é dom de poeta Por um mundo horizontal, Tirando do travesseiro Num rito memorial, As ações libertadoras  Em práticas promotoras  De justiça social. O sonho por vezes vem Em forma de pesadelo, Nos reviramos na cama Apoiando o cotovelo, Neste grande rapapé, Arrepiamos até Fios do nosso cabelo. Sonhei que passando em frente Ao Congresso Nacional Ouvia forte balbúrdia De baixaria infernal. Um fato só comparado Com alguém estimulado Para um confronto letal. Ante aquela gritaria Repleta de palavrão: “Magano, filho da dita, Vigarista, canastrão, Assassino, terrorista, Miliciano, golpista, Corrupto, falso e ladrão…” Fiquei muito apreensivo Com a zorra inesperada, Talvez porque a minha mente Não tivesse preparada Para tal exaltação, Num início de sessão, Quando era feita a chamada.                              

DIA DA POESIA

Imagem
Eu venho lhe desejar Muita paz e alegria, E vida em erudição De plena sabedoria. Ao dom da divina calma, Sinta um afago na alma Neste dia da poesia.

ELKE MARAVILHA

Imagem
Num giro em volta do Sol A minha mente fervilha, Pois parte as boas ovelhas, Enquanto sobra matilha. Mesmo com os lamentos meus, Foi para os braços de Deus, Nossa Elke Maravilha!

POSSUÍDO DE PAIXÃO

Imagem
A paixão é um pássaro peregrino Voando pelas asas da emoção, Sentimento desnudo de razão Vicejante à procura de um destino. Sem um norte semeia desatino Com destreza na forma desmedida, Ao tentarmos consolo numa lida, Ela sempre refaz sua vontade Com capricho de quem sem piedade Domina e acorrenta a nossa vida!                                           PedrO M.

RETALHOS DE SAUDADE

Imagem
Poeta sente saudade, Na crueza que ela tem. Por vezes sente na carne Quando a tristeza lhe vem Cortando feito navalha, Entra no peito e retalha, Não perdoando ninguém. PedrO MonteirO https://drive.google.com/file/d/0B3V7At4-330gU1p6dGlPcFI3U0E/view?usp=sharing

ESTÍMULO A LER

Imagem
Eu incentivo à leitura Como fonte de prazer, Porém, sem perder de vistas O nosso eterno aprender. Quem acha que sabe tudo, Por ser um grande abelhudo, Precisa se refazer! PedrO MonteirO

DITADURA DA MINORIA

Imagem
Não é prudente aceitarmos as aviltantes mutretas, uma minoria sínica fazer do riso caretas, nesse cenário de horror, disseminando terror pelas mãos dos picaretas! Ter compreensão dessa realidade é o primeiro passo para mudá-la!

MEMÓRIAS

Imagem
No armário das memórias quero deixar bem guardado recordações e histórias   de um doce tempo passado! PedrO M.

MARCO HAURÉLIO

Imagem
Muito além de desenhista, Marco é mesmo um menestrel. Tem destaque na poesia com relevante papel, foi grande incentivador e também o ilustrador do meu primeiro Cordel.                                     PedrO M.

NA CURVA!

Imagem
Um dia depois do outro É um ditado conhecido. E que o triunfo dos justos Seja por Deus definido, Usando de sensatez, Agora é a minha vez De lhe dizer: — Tchau querido! PedrO MonteirO http://plantaobrasil.net/news.asp?nID=94711&refgo=0

ÂNIMO

Imagem
Nunca desanime em nada batalhe sempre a sorrir, se uma flor é dizimada há mil botões a florir... Mire bem ao seu redor, pense num mundo melhor para jamais desistir. PedrO MonteirO

O CANTO DA JAÓ

Imagem
Certa vez, bisbilhotando mata adentro, fui contemplado com um espetáculo bastante curioso. Isso aconteceu no município de Cocal de Telha, no estado do Piauí. Quando caminhava pelo leito de um igarapé do riacho fundo, seco pela estiagem, comecei a ouvir piados de um tipo de ave, conhecida na região por nambu jaó. Um dos piados vinha da direção da baixa das carnaúbas, o outro das bandas do morro das aroeiras. De pura curiosidade, tomei posição entre os dois e subi numa grande árvore para ver o que acontecia. Eram idênticos os piados e com a proximidade, aumentava mais e mais a minha expectativa quanto ao que ia assistir; se um encontro festivo ou uma disputa entre rivais. Até que pude avistar, de um lado, uma jaó-mãe acompanhada por três filhotes e, do outro, um gato selvagem caminhando cuidadosamente de barriga quase que arrastando pelo chão. Aquilo, para mim, foi de perder o fôlego, preso à cena! Confesso nunca ter visto nada igual. Naquele momento a jaó pio

DESNUDOS DA ALMA!

Imagem
O poeta canta em versos os desnudos da emoção, pois só verdade na alma enobrece um coração!

RODA DO TEMPO

Imagem
Girando a roda do tempo num pensamento maior, a chave que abre portas tem o rosto do suor. A boa ação é nobreza, amor, a delicadeza que faz um mundo melhor! PedrO MonteirO

DEMOCRACIA

É preciso reagir Ao golpe que principia, Não se deixando levar Em burla à democracia, Seja da lei um devoto, Fazendo valer seu voto De paz e cidadania! PedrO MonteirO

PÁSCOA

Imagem
Por ser domingo de páscoa, nos lembra renascimento, quando a meiguice triunfa suprindo o embrutecimento;  é preciso comungar o belo acontecimento! A páscoa foi no passado motivação de alegria, celebração da colheita, milagre e sabedoria. Assim, recomenda os versos Compondo esta poesia. Com a Terra em grande festa, todo Universo saudava: — Bem vindo a esse tempo novo! Pois a fome definhava. Ouvia-se glória a Deus... — O povo alegre louvava! Por isso festeje agora, mas com uma reflexão... constrói um mundo bem melhor quem estende a sua mão, nutrindo benevolência dentro do seu coração. PedrO MonteirO Imagem:  https://www.google.com.br/search?q=m%C3%A3o+estendida&espv

POESIA

Imagem
O sabor de uma poesia  que põe tempero na alma,  pelo remanso da calma  alimenta o dia a dia. A razão dessa energia dá vigor ao coração  com a mais forte razão de seguir firme na lida,  faz a estrada da vida ser a mais doce paixão!  PedrO MonteirO

DIA INTERNACIONAL DA POESIA

Imagem
Em cada porto fagueiro Um balaio de alegria, No conforto de um veleiro  Num mar de sabedoria, Pelo remanso da calma ancora um afago na alma, Erudição e poesia. PedrO MonteirO

BRIO

Imagem
Quem tem valor não precisa dizer que faz e acontece, a pessoa grandiosa a história reconhece. Do jeito mais solidário, na atitude é rosário benevolente na prece. Este rosário é o rosto da grande transformação, sendo aqui representado no símbolo da união, dos que insistem lutando, de alma acesa buscando a justa reparação. Cada um por sua luta merece ser compensado, se tiver passado limpo é bom que seja lembrado. Num registro da memória na página da nossa história o seu nome consagrado! PedrO MonteirO

MUDANÇAS, MAS SÓ PARA OS OUTROS!

Imagem
Numa disputa acirrada Perder também é normal, O mal substancial É ter mente revoltada! Se na derrota velada Nos faltando até o ar, Para poder externar Um comportamento rude, Queremos que o outro mude, Mas não queremos mudar! PedrO MonteirO

HERÓIS DO JENIPAPO

Imagem
Muito além de boa fruta Jenipapo foi celeiro, Riacho e palco primeiro De heroísmo na luta, Um divisor da disputa Brasil verso Portugal, Pela firmeza cabal Fidié foi combatido, Dias depois foi rendido Por nossa tropa leal! A Batalha do Jenipapo ocorreu às margens do riacho de mesmo nome no dia 13 de março de 1823, a qual foi decisiva para a Independência do Brasil. Mais informações sobre este importante feito na história da independência do Brasil:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Batalha_do_Jenipapo PedrO MonteirO

A MULHER E A CIDADANIA

Imagem
Sobre as asas do Condor Numa atitude serena, Se a liberdade é plena A vida tem mais sabor. Mulher, o encanto da flor, Na beleza e na poesia, Apraz além de energia, Conquistas maravilhosas, Mais ramalhete de rosas Nas cores cidadania! PedrO MonteirO

IMBU

Imagem
Reativando memórias Do fundo do meu baú, Sinto-me qual um caipora Montado num caititu. Por este prisma ditoso, Não tem nada mais gostoso Que uma colheita de imbu! PedrO MonteirO Imagem, gentilmente, cedida por Socorro Batista Gomes, amiga paraibana de Campina Grande.

SER SOLIDÁRIO

Imagem
Com pequenas atitudes Fazemos a diferença. Ser solidário ao próximo É resultado da crença De quem distribui amor, Fazendo frio ou calor, Rogando que ele vença. 

SABIÁ MENSAGEIRA

Imagem
Eu não canso de implorar o sabiá laranjeira, para ser a mensageira através do seu trinar, de um alegre despertar com maviosa canção redentora da opressão que fustiga nossa calma e, além de um afago na alma,  nos conforte o coração!