quarta-feira, 14 de maio de 2014

GRITO ECOANTE


Numa flor se faz presente
um encanto divinal,
da vida o grande sinal
quebrando nó e corrente,
qual o enigma da semente
germina e enche um balaio,
galopa cavalo baio
no front revolução
— É grito de abolição,
num sempre treze de maio!



O SENTIDO DA FLOR!

Maio, o mês de Maria,
mãe o sentido da flor,
esse divinal teor
tem flama de poesia;
a fonte desse energia
deságua no coração,
ser mãe é ser emoção,
amor e pertencimento,
cuidado a todo momento
com infinita paixão!

PedrO MonteirO