quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

FATEL BARBOSA






Uma mulher na janela
é sempre maravilhosa,
principalmente, se ela
Se chama Fatel Barbosa.
Ante a o deslumbramento,
além, de muito talento
tem a voz melodiosa!

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A OUTRA FACE DA HISTÓRIA (Temer).



A ganância tem um peso
Capaz de dilacerar
Até coração valente,
Mas também de transformar
Aparente cavalheiro,
Num presidente embusteiro
Querendo se consagrar.

Com esta receita simples,
Porém bastante engenhosa,
O TEMER pautou seu apoio
Em maldade astuciosa.
Depois desferiu o golpe
E traição veio a galope
Numa prática odiosa.

Sendo este, Caim para Abel,
Silvério de Inconfidente,
Traíra de presidente,
Um Vampiro de Bordel.
Tramou maldade a granel
Com o Cunha, seu avalista,
Mas constará numa lista
Despido de qualquer glória
Pois entrará para a história
Como governo golpista!


PedrO MonteirO

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

RÁDIO BRASIL ATUAL

RÁDIO BRASIL ATUAL












Uma publicação da Editora IMEPH, com apresentação do poeta Rouxinol do Rinaré. Um coletivo de treze poetas e mais a ilustração de Kazane compõe esta obra, sobre quatorze pontos históricos da nossa São Paulo, terras de Piratininga. 

Da antiga Piratininga,
De épocas já bem distantes,
Nasceu a nossa São Paulo,
Cidade dos bandeirantes,
De cultura heterogênea
Formada por imigrantes.

Estes versos de cordel
Servirão como memória.
Registrando os patrimônios,
Sua exuberante glória
viva em cada monumento,
Como um pedaço da história.

Mostraremos os lugares,
A tradição que perdura,
Suas atrações turísticas,
Sua bela arquitetura,
Os museus, prédios históricos
E a sua vasta cultura.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

INDIFERENÇA


Adicionar legenda











Vejo uma flor que se abre
Com sutileza fiel,
No nicho da indiferença
Gente passando a granel;
Mas por diversos fatores,
Neste desfile de atores
Cada um tem seu papel.

PedrO MonteirO

ENCANTOS DO AMOR















Sou capaz de amanhecer
Debruçado na janela,
Se tiver preso na goela
Um sussurro de prazer.
Pois eu jamais quero ser
Um sujeito entristecido,
Num relato comovido
Falo sem nenhum pudor:
Pelos encantos do amor
A vida tem mais sentido!


PedrO MonteirO

sábado, 22 de outubro de 2016

SONHO RETORCIDO















Sonhar é dom de poeta
Por um mundo horizontal,
É tirar do travesseiro
Num rito memorial,
As ações libertadoras
Pelas práticas promotoras
De justiça social.

O sonho, por vezes, vem
Em forma de pesadelo,
Nos reviramos na cama
Apoiando o cotovelo,
Neste grande rapapé,
Arrepiamos até
O último fio do cabelo.

Sonhei que passando em frente
Ao Congresso Nacional,
Ouvia forte balbúrdia
De baixaria infernal,
Um fato só comparado
Com alguém determinado
À violência letal.

Ante aquela gritaria
Repleta de palavrão:
Golpista, filho da puta,
Mentiroso, canastrão,
Assassino, terrorista,
Traficante, vigarista,
Corrupto, corno e ladrão...

Fiquei muito apreensivo
Depois dessa saraivada,
Talvez porque minha mente
Não tivesse acostumada
Com tremenda discussão
Era inicio de sessão,
Só era feito a chamada!

PedrO MonteirO

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

DIA DA POESIA

Eu venho lhe desejar
Muita paz e alegria,
E vida em erudição
De plena sabedoria.
Ao dom da divina calma,
Sinta um afago na alma
Neste dia da poesia.


quarta-feira, 17 de agosto de 2016

ELKE MARAVILHA


























Num giro em volta do Sol
A minha mente fervilha,
Pois parte as boas ovelhas,
Enquanto sobra matilha.
Mesmo com os lamentos meus,
Foi para os braços de Deus,
Nossa Elke Maravilha!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

POSSUÍDO DE PAIXÃO














A paixão é pássaro peregrino
Voando pelas asas da emoção,
Sentimento desnudo de razão
Rumando a procura de um destino.
Sem um norte semeia desatino
Com destreza na forma desmedida,
Ao tentarmos consolo para a lida,
Ela sempre refaz sua vontade
Com capricho de quem sem piedade

Domina e acorrenta a nossa vida!

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

RETALHOS DE SAUDADE


















Poeta sente saudade,
Na crueza que ela tem.
Por vezes sente na carne
Quando a tristeza lhe vem
Cortando feito navalha,
Entra no peito e retalha,
Não perdoando ninguém.


PedrO MonteirO






https://drive.google.com/file/d/0B3V7At4-330gU1p6dGlPcFI3U0E/view?usp=sharing

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

ESTÍMULO A LER


Eu incentivo à leitura
Como fonte de prazer,
Porém, sem perder de vistas
O nosso eterno aprender.
Quem acha que sabe tudo,
Por ser um grande abelhudo,
Precisa se refazer!


PedrO MonteirO

domingo, 24 de julho de 2016

DITADURA DA MINORIA


Não é prudente aceitarmos
as aviltantes mutretas,
uma minoria sínica
fazer do riso caretas,
nesse cenário de horror,
disseminando terror
pelas mãos dos picaretas!

Ter compreensão dessa realidade é o primeiro passo para mudá-la!

terça-feira, 19 de julho de 2016

MEMÓRIAS


No armário das memórias
quero deixar bem guardado
recordações e histórias 
de um doce tempo passado!


PedrO MonteirO