sábado, 22 de outubro de 2016

SONHO RETORCIDO















Sonhar é dom de poeta
Por um mundo horizontal,
É tirar do travesseiro
Num rito memorial,
As ações libertadoras
Pelas práticas promotoras
De justiça social.

O sonho, por vezes, vem
Em forma de pesadelo,
Nos reviramos na cama
Apoiando o cotovelo,
Neste grande rapapé,
Arrepiamos até
O último fio do cabelo.

Sonhei que passando em frente
Ao Congresso Nacional,
Ouvia forte balbúrdia
De baixaria infernal,
Um fato só comparado
Com alguém determinado
À violência letal.

Ante aquela gritaria
Repleta de palavrão:
Golpista, filho da puta,
Mentiroso, canastrão,
Assassino, terrorista,
Traficante, vigarista,
Corrupto, corno e ladrão...

Fiquei muito apreensivo
Depois dessa saraivada,
Talvez porque minha mente
Não tivesse acostumada
Com tremenda discussão
Era inicio de sessão,
Só era feito a chamada!

PedrO MonteirO

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

DIA DA POESIA

Eu venho lhe desejar
Muita paz e alegria,
E vida em erudição
De plena sabedoria.
Ao dom da divina calma,
Sinta um afago na alma
Neste dia da poesia.