segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

IMBU




Reativando memórias
Do fundo do meu baú,
Sinto-me qual um caipora
Montado num caititu.
Por este prisma ditoso,
Não tem nada mais gostoso
Que uma colheita de imbu!



PedrO MonteirO


Imagem, gentilmente, cedida por Socorro Batista Gomes, amiga paraibana de Campina Grande.