quarta-feira, 11 de março de 2015

SIM AO AMOR! NÃO A DOR.

Quero dizer sim à vida.
Não ao veneno na veia,
E formar uma grande teia
Seguindo firme na lida.
Fazendo estrada florida 
Num cenário multicor,
Superar o dissabor,
Nutrindo o meu coração
No crivo da emoção,
Sem o pingente da dor.