quarta-feira, 12 de outubro de 2011

CRIANÇA CIDADÃ














Quem disse que sou pequeno
Só por que sou uma criança?
Sou o futuro do mundo,
Da paz e da esperança!
E por todas essas apostas
Carrego nas minhas costas
O lume da confiança.

Mas, para que assim seja,
Não posso facilitar!
Preciso dos meus direitos:
Estudo, amor, pão e lar,
Saúde, paz e alegria,
Nutrindo sabedoria
E lindo brilho no olhar.

E assim serei um adulto
De pensamento fecundo,
Olharei os pequeninos
Com sentimento profundo!
Na solidariedade
Semearei igualdade,
Justiça e paz para o mundo.


*por PedrO MonteirO